Novo cálculo do DAS – Simples Nacional 2018

Compartilhe nas redes!

Fala pessoal, tudo bem? Bruno Nascimento novamente, do canal Fale com o Contador! Dessa vez a gente vai falar sobre como calcular o DAS no Simples Nacional 2018.

Bom pessoal a fórmula para o cálculo do DAS na verdade é bem simples, não tem muita complexidade, mas antes de explicar a forma, eu vou explicar para você como mais ou menos funcionam o Simples Nacional. Então o Simples Nacional é dividido em cinco Anexos, onde dependendo da atividade que você escolher para sua empresa você vai ser enquadrado em algum desses Anexos:

  • 1°Anexo: Comércio;
  • 2° Anexo: Indústria;
  • 3°,4° e 5° Anexo: Serviços.

Dependendo da atividade que você escolher, você pode se enquadrar em um ou algumas vezes você escolhe mais de uma atividade, pode se enquadrar em dois, três, enfim, você pode se enquadrar em diversos Anexos. O seu cálculo de imposto é o seu faturamento vezes a alíquota efetiva que se encontrar para cada um desses anexos.

O Anexo de Comércio ou qualquer outro Anexo de Indústria, de Serviço é dividido em seis faixas de faturamento nos últimos 12 meses, ele é dividido por exemplo, a primeira faixa de 0 a 180, segunda 180 a 360, terceira de 360 a 720 a quarta de 720 a 1.800.000 a quinta de 1.800.000 a 3.600.000, e a novidade agora é a sexta de 3.600.000 a 4.800.000, então aumentou o limite de faturamento do Simples Nacional.

Auditoria de Gastos do Departamento Financeiro

Então, para cada uma dessas faixas possui uma alíquota e para cada uma dessas faixas também possui um valor a deduzir. Então como é que vai funcionar a fórmula? A fórmula é muito simples. Você vai pegar sua Receita Bruta dos últimos 12 meses. Então a primeira coisa que vai saber é em qual faixa que você se encontra. Por exemplo, aqui no Anexo 1 Comércio, eu somei a receita bruta dos últimos 12 meses e deu 800 mil, então eu vou ficar na faixa de 720 mil a 1 milhão e oitocentos mil e a alíquota que eu vou utilizar na minha forma é de 10,70% e o dedução de 22 mil e 500 reais.

Veja o conteúdo: https://eucontador.com.br/operacao-grao-de-ouro-fiscalizam-empresas-do-simples-nacional/

Então como é que eu faço a fórmula? Você vai pegar a Receita Bruta dos últimos 12 meses, vezes a alíquota da tabela que você encontrou, menos a dedução e dividido pela receita bruta dos últimos 12 meses. Então você vai achar uma alíquota efetiva. Esse percentual que é a alíquota efetiva que você vai aplicar sobre o seu faturamento.

Agendamentos de pagamentos

Simples assim! O cálculo do DAS terminou! É assim que se faz! Não tem grandes segredos! É claro, sempre que tiver uma dúvida, fale com o contador, pergunte como é que ele está fazendo o seu cálculo do DAS, ele com certeza vai conseguir te explicar com maiores detalhes, esse vídeo é mais uma introdução. Eu também pretendo fazer um vídeo explicativo para cada Anexo, de Comercio, de Indústria e Serviço e quais atividades principais que se enquadram.

É isso pessoal! Se você gostou do vídeo, curte, compartilha com os amigos, se tiver qualquer dúvida é só comentar a gente está à disposição! Valeu, obrigado.

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Qual o CNAE para infoprodutor?

Qual o CNAE para infoprodutor?

Qual o CNAE para infoprodutor? Essa é uma dúvida muito comum entre empreendedores que pretendem abrir um CNPJ para trabalhar com a venda de e-books,

Vale A Pena Ser Advogado Pj - Eu Contador Contabilidade Online

Vale a pena ser advogado PJ?

Vale a pena ser advogado PJ? Essa é uma dúvida muito comum entre profissionais de advocacia que estão avaliando a possibilidade de abrir um CNPJ.

Recomendado só para você
Nosso tema de hoje é Como abrir empresa prestação serviços,…
Cresta Posts Box by CP