EuContador

Tabela Simples Nacional para engenheiros!

tabela Simples Nacional Para Engenheiros!

Hoje vamos falar sobre a tabela Simples Nacional para engenheiros O Simples Nacional é uma forma simplificada que as empresas possuem para pagar os impostos, além de obter alguns descontos, desde que faturem por ano até R$ 4,8 milhões. Ou seja, que se enquadrem como microempresas ou empresas de pequeno porte.

[elementor-template id=”8045″]

Além disso, de acordo com o setor da economia ao qual o negócio pertence e o seu faturamento anual, existem diferentes alíquotas que incidem sobre a sua receita bruta. Assim, a empresa deve pagar mais ou menos impostos.

Essas informações estão em uma tabela com anexos, onde estão as alíquotas que cada empreendimento deve usar para o cálculo dos impostos, separadas por área de atuação e receita bruta.

Empresas de engenharia, medição, cartografia, topografia, geologia, geodesia e afins pertencem ao Anexo V. Isso significa que devem pagar mais impostos do que os negócios enquadrados no anexo III.

Contabilidade Online e Digital para Engenharia

No entanto, recentemente, foi criada uma lei complementar permitindo que, em uma dada situação, os negócios do anexo V possam ser taxados com base no anexo III. Essa situação, que possibilita o uso de uma alíquota menor, é o chamado Fator R.

Caso queira saber um pouco mais: https://eucontador.com.br/simples-nacional-2020-para-engenheiros/

Quer saber como funciona esse fator e quais são as alíquotas e faturamentos levados em consideração nas tabelas do Simples Nacional? Então, continue lendo este artigo e, nos tópicos a seguir, aprenda tudo a respeito da tabela Simples Nacional para engenheiros.

  • O que diz o Anexo III da tabela Simples Nacional para engenheiros
  • O que diz o Anexo V da tabela Simples Nacional para engenheiros
  • Veja como funciona o Fator R para engenheiros

O que diz o Anexo III da tabela Simples Nacional para engenheiros

Veja a seguir a tabela do anexo III do Simples Nacional.

Tabela Simples Nacional 2 - EuContador

Participam dessa tabela empresas que atuam na área de serviços de instalação, de reparos e de manutenção. Além delas, estão ainda os escritórios de contabilidade, agências de viagens, academias, laboratório e empresas de odontologia e medicina.

         

Mesmo que, inicialmente, as empresas de engenheira não estejam presentes aqui, o Fator R permite que paguem menos impostos ao se basear nela. Afinal, como você verá, as alíquotas dessa tabela são menores do que as do anexo V.

O que diz o Anexo V da tabela Simples Nacional para engenheiros

O anexo V do Simples Nacional apresenta as seguintes alíquotas e faturamentos:

Tabela Simples Nacional 1 - EuContador

Além das empresas de engenharia, as demais que entram nessa tabela são as de jornalismo, auditoria, tecnologia e publicidade.

Veja como funciona o Fator R para engenheiros

Para que as empresas de engenharia e outras, que pertencem ao anexo V, possam se valer dos benefícios do anexo III é preciso considerar o Fator R do Simples Nacional. Ele consiste na porcentagem de participação da folha de pagamento sobre a receita.

Assim, se percentual desse fator for igual ou superior a 28%, os negócios conseguem usar as alíquotas do anexo III. Já para fazer esse cálculo é preciso dividir o valor da folha de pagamento do último ano pela receita bruta do mesmo período.

Contabilidade para Engenharia e Arquitetura

Mas, se o resultado for menor que 28%, a empresa de engenharia permanece no anexo V e deve pagar impostos mais altos. Vale salientar que, quando o Fator R é igual ou maior de 28%, significa que o negócio gasta mais com a folha de salários, ou seja, tem mais funcionários.

Em outras palavras, o governo possibilita que se pague menos tributos se houver uma maior contratação de pessoal. Porém, se a sua empresa de engenharia precisa de poucos funcionários, pode ser melhor gastar menos com a folha de pagamento.

Para engenheiros autônomos a tributação é diferente da tributação para pessoas jurídicas. Autônomos, assim como profissionais liberais, são caracterizados como Pessoas físicas. Por isso, se você é Engenheiro, precisa ficar atento ao Carnê Leão e Livro Caixa para Engenheiros. Veja o Vídeo!!

Nem sempre é tão simples, não é mesmo? Por isso, contrate um contador de confiança e com experiência, que possa ajudar o seu negócio a colocar em dia as suas questões fiscais e a manter o controle financeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.