EuContador

Como Montar Uma Creche: 6 Passos Práticos para Abrir com Sucesso

Como Montar Uma Creche 6 Passos Práticos Para Abrir Com Sucesso - EuContador

Como Montar Uma Creche? com o crescimento da população e o número de mulheres que escolhem continuar trabalhando mesmo depois de terem filhos, as creches infantis são negócios com uma demanda constante. Por isso, trata-se de um nicho de mercado para ser explorado.

Se você está interessado nesse assunto, continue lendo este artigo e descubra como montar uma creche. Para tanto, confira nos tópicos a seguir os 6 passos práticos para abrir com sucesso:

  • 1 – Informe-se sobre as exigências legais e estruturais ao montar uma creche
  • 2 – Busque uma autorização de funcionamento ao montar creche
  • 3 – Faça o procedimento burocrático para abrir creche infantil
  • 4 – Escolha ter ou não sócios ao montar creche
  • 5 – Forme uma equipe qualificada ao montar creche
  • 6 – Saiba quais impostos a creche infantil deve pagar

Entenda o que é e como realizar uma Gestão Financeira Eficiente em sua Creche. 

1 – Informe-se sobre as exigências estruturais ao montar uma creche

Para o Conselho Nacional de Educação, creche é o local que recebe crianças até os três anos, mais do que isso já é enquadrada como pré-escola. E, além de serem tidas como instituições de educação, devem dispor de assistência cognitiva e motora, social e intelectual e física.

É importante que as pessoas que desejam saber como montar uma creche também estejam atentas às seguintes leis:

[elementor-template id=”8045″]

  • Lei 9.394/96 de Diretrizes e Bases da Educação;
  • Lei nº 11.769/08, aponta obrigatoriedade do ensino de música na educação básica;
  • Lei 8.069/90, institui o Estatuto da Criança e do Adolescente;
  • Lei 9795/99, sobre a educação ambiental e cria a Política Nacional de Educação Ambiental;
  • Lei 9870/99, sobre o preço das anuidades e semestralidades das escolas;
  • Lei 10.034/00, autoriza creches, pré-escolas e outros a optarem pelo Simples.

Além disso, é preciso que a creche tenha o mínimo de estrutura, como sala para administração e equipe técnica, berçário, salas para recreação, repouso e refeição, local de recreação descoberto, sanitário, cozinha, vestiário e sanitários para funcionários.

Assessoria Contábil

Confira ainda no seu município se existem normas específicas complementares.

         

3 – Faça o procedimento burocrático para abrir creche infantil

Nessa fase, é importante ter a ajuda de um contador, sendo que o procedimento começa indo na Junta Comercial da sua cidade. Também é possível usar o site da Rede Sim, que unifica toda a burocracia para montar creche.

Assim, é possível conseguir o CNPJ e fazer as inscrições necessárias nas secretarias da Fazenda do seu estado. Busque ainda na Secretaria Municipal de Educação exigências específicas para o estabelecimento. Na Prefeitura, é preciso obter o alvará de funcionamento.

É necessário ainda fazer o enquadramento na Entidade Sindical Patronal, o cadastro na Caixa Econômica Federal para contratar funcionários e obter as licenças de funcionamento nos Bombeiros.

4 – Escolha ter ou não sócios ao montar creche

Se tiver sócios, a creche pode ser enquadrada como sociedade limitada. Senão, você pode optar por Empresário Individual (EI) ou Empresa Individual de responsabilidade Limitada (EIRELI).

A diferença entre EI e EIRELI é a respeito dos bens do proprietário, assim, no primeiro não há distinção entre os bens pessoais e empresariais. No segundo há, o que significa que, se a empresa tiver problemas financeiros, não podem ser usados os bens pessoais do dono.

5 – Forme uma equipe qualificada ao montar creche

Uma equipe qualificada para atender as crianças não é só uma obrigatoriedade para conquistar mais clientes como também para seguir as normas estipuladas para as creches. Dessa forma, é preciso que haja os seguintes profissionais:

  • Médico-pediatra e nutricionista, que podem ser autônomos;
  • Técnico ou auxiliar de enfermagem;
  • Recreadores qualificados;
  • Auxiliares, de preferência, estagiários de pedagogia;
  • Funcionários administrativos;
  • Diretor técnico, com formação em curso superior para o Magistério em Educação Infantil ou com pós-graduação em educação;
  • Docentes e educadores assistentes, com nível superior ou nível médio normal;
  • Merendeiras e auxiliares de serviços gerais.

6 – Saiba quais impostos a creche infantil deve pagar

A creche infantil pode optar pelo Simples Nacional, se faturar por ano até R$ 360 mil, no caso de microempresa, ou R$ 3.600 milhões se empresa de pequeno porte. Assim, deve pagar os seguintes impostos:

  • INSS, relativo à contribuição para a Seguridade Social;
  • IRPJ – Imposto de Renda da Pessoa Jurídica;
  • CSLL – Contribuição Social Sobre o Lucro;
  • COFINS, referente à contribuição para a seguridade social;
  • PIS – Programa de Integração Social;
  • ISSQN – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.