Como funciona o Carnê Leão?

Como funciona o Carnê Leão

Como funciona o Carnê Leão

Hoje vamos falar sobre, como funciona o Carnê Leão. você sabia que mesmo pessoas físicas, em algumas situações, devem pagar impostos para o governo? É o caso de quem recebe pagamentos de terceiros em determinadas ocasiões, como profissionais liberaisque atuam como arquiteto ou psicólogo, quem recebe aluguéis e outros.

Nesses casos, é preciso re colher impostos ao governo por meio do Carnê Leão, já ouviu falar sobre ele? Se você tem interesse em saber mais sobre esse assunto, continue lendo este artigo.WhatsAppQuero meu orçamento

E, nos tópicos a seguir, obtenha as informações necessárias sobre como funciona o Carnê Leão:

  • O que é o Carnê Leão
  • Como funciona o Carnê Leão
  • Como preencher o Carne Leão
  • Quanto é pago com o Carne Leão

O que é o Carnê Leão

Carnê Leão consiste em um formulário que deve ser preenchido, a fim de recolher tributos ao governo, pelas pessoas físicas que recebem dinheiro de terceiros. No entanto, apenas quando elas têm rendimentos provindos de outra pessoa física ou do exterior.

Isso porque, nessas ocasiões, o dinheiro recebido não tem tributação na fonte pagadora. Em outras palavras, quem fez o pagamento não teve que pagar tributos ao governo, então, quem recebe deve fazer isso.

Portanto, é possível dizer ainda que o Carnê Leão é a maneira que a Receita Federalpossui para receber os impostos de pessoas físicas com rendimentos que ela não consegue controlar. Veja quem são os indivíduos que devem usar o Carnê Leão:

  • Profissionais liberais e autônomos: quem trabalha por conta própria e não possui vínculo empregatício, mas atendem clientes, inclusive, pessoas físicas. Exemplo são médicos, advogados, fotógrafos, pintores, taxistas, professores particulares e outros;
  • Pensionistas: quem recebe pensões de pessoas físicas, a exemplo da pensão alimentícia;
  • Locadores: indivíduos que são proprietários de imóveis ou bens móveis e os alugam a pessoas físicas;
  • Pessoas que recebem rendimentos do exterior.

Para engenheiros autônomos a tributação é diferente da tributação para pessoas jurídicas. Veja o vídeo!! 

Como funciona o Carnê Leão

Carnê Leão deve ser preenchido por todas as pessoas físicas que recebam, nas condições já mencionadas, mais de R$ 1.998 por mês. Dessa forma, o preenchimento deve acontecer todos os meses.

Hoje em dia, esse preenchimento e envio do Carnê Leão pode ser feito por meio da internet, em um programa disponibilizado no site da Receita Federal para download. Assim, ao preencher as informações solicitadas, no site é feito, automaticamente, o cálculo.

As alíquotas utilizadas são referentes ao IRPF – Impostos de Renda de Pessoa Física e, na mesma hora, a pessoa sabe quanto deve pagar para o governo. No caso de pessoa física que trabalha como autônomo ou profissional liberal, há vantagens no Carnê Leão.

Entre elas, o de realizar a escrituração eletrônica do livro-caixa. Assim, é possível calcular o limite mensal de dedução, deixar para o mês seguinte o excedente das despesas, contar com plano de contas básico e ajustável e fazer a impressão do livro-caixa.

Além disso, muitas das despesas desse profissional são dedutíveis do imposto pago através do Carnê Leão. Isso quer dizer que se torna possível reduzir o valor do tributo ou aumentar a restituição do Imposto de Renda.

Como preencher o Carne Leão

No mês em que não houver rendimentos, é preciso preencher o Carnê Leão com zero no campo do valor. E mesmo quando os rendimentos não atingirem o valor mínimo é preciso informar no site da Receita Federal.

Com isso, você consegue manter o seu livro-caixa em dia e atualizado. Outro cuidado é o de preencher o carnê até o último dia útil do mês seguinte ao do recebimento. E, quando for preciso pagar o imposto, basta imprimir o DARF e pagá-lo em um banco até a data apontada.

Já no final do período, é necessário realizar a declaração do imposto de renda anual. Dessa maneira, os valores informados ao longo dos meses são importados para o programa responsável pela declaração.

Quanto é pago com o Carne Leão

Para calcular o quanto cada pessoa deve pagar de tributo, o Carnê Leão se baseia em uma tabela de tributação da Receita Federal, denominada tabela progressiva. Isso porque as alíquotas utilizadas no cálculo progridem na mesma proporão dos rendimentos.

Além disso, há uma faixa de isenção, sendo que o seu valor é alterado todos os anos. No site da Receita Federal também está disponível um simulador para quem quer saber o quanto vai pagar de impostos por meio do Carnê Leão.

Orçamento