Como abrir uma loja de informática?

Compartilhe nas redes!

Como abrir uma loja de informática? Essa é uma dúvida muito comum entre profissionais da área de TI que pretendem empreender e montar o próprio negócio.

Lojas de informática normalmente comercializam equipamentos, periféricos e componentes e em muitos casos também prestam serviços relacionados a montagem e manutenção de computadores.

Sem dúvida alguma, este é um negócio que pode ser muito promissor e lucrativo, tendo em vista que no mundo de hoje, o computador é um equipamento essencial para empresas de todos os segmentos e também para pessoas físicas em geral.

Em meio a este contexto, o Eu Contador decidiu preparar um conteúdo completo para auxiliar você que deseja empreender e abrir uma loja de informática.

Para saber mais e obter informações importantes, continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final.

Quanto é preciso para abrir uma loja de informática?

De acordo com estimativas do SEBRAE, o investimento médio para abrir uma loja de informática gira em torno de R$ 60.000,00

  • Despesas de registro da empresa, honorários profissionais, taxas: R$ 3.000,00
  • Mobiliário para a área administrativas: R$ 4.000,00
  • Estoque: R$ 30.000,00
  • Equipamentos: R$ 12.000,00
  • Capital de giro: R$ 11.000,00

Investimento total: R$ 60.000,00

No entanto, vale lembrar que essa é uma estimativa e que na prática, o custo inicial pode variar para mais ou para menos, levando em consideração diversos fatores, como a localização escolhida para abertura da loja e o porte inicial do negócio.

Como escolher a localização para uma loja de informática?

Quando o assunto é como abrir uma loja de informática, a localização do ponto comercial é uma das decisões mais relevantes que o empreendedor precisa tomar.

A localização escolhida pode interferir diretamente na visibilidade do estabelecimento e no fluxo de pessoas que visitam à loja. Sabendo disso, vale a pena seguir algumas dicas:

  • Escolha um local seguro: Levando em consideração que os computadores, seus componentes e acessórios são itens de alto valor, procure instalar a sua loja em um local seguro e que não seja alvo fácil de roubos.
  • Circulação de pessoas: Procure instalar a sua loja de informática em locais com grande fluxo de pessoas, principalmente aqueles que possuem torres comerciais e muitas empresas próximas (potenciais clientes).
  • Facilidade de acesso: O local escolhido também precisa ser de fácil acesso, por diferentes meios de transporte e se possível deve oferecer estacionamento gratuito.
  • Estrutura: Por fim, o ponto comercial também deve dispor de espaço suficiente para expor os produtos, atender os clientes, manter um estoque mínimo e uma área administrativa.

Para fechar este tópico, não se esqueça de avaliar também se o custo de locação do imóvel comercial é compatível com o seu planejamento financeiro.

Monte um plano de negócios para sua loja

Uma dica muito relevante para você que chegou até aqui buscando informações sobre como abrir uma loja de informática, diz respeito ao plano de negócios.

O plano de negócios é um documento de fundamental importância para organizar suas ideias, melhorar suas decisões e potencializar o sucesso do seu futuro empreendimento.

Por isso, antes mesmo de pensar em colocar os seus planos em prático, coloque tudo em um papel, incluindo itens como:

  • Objetivos e missão da empresa;
  • Planejamento financeiro;
  • Estudo de mercado e concorrentes;
  • Definição do público-alvo;
  • Estudo de fornecedores;
  • Definição de metas;
  • Atividades a serem desenvolvidas;
  • Planejamento de marketing;
  • Estrutura e mão de obra necessária.

Com todas as informações listadas acima devidamente organizadas, você não tomará decisões equivocadas e aumentará suas chances de sucesso.

Quais produtos vender em uma loja de informática?

A lista de produtos que uma loja de informática pode vender é extensa e inclui uma série de itens, dentre os quais, podemos destacar:

  • Computadores;
  • Computadores gamers;
  • Notebooks;
  • Coolers;
  • Disco rígido (HD);
  • Fontes;
  • Memória RAM;
  • Placa de vídeo;
  • Placas de som;
  • Placas-mãe;
  • Processadores;
  • Rede Wired (com fio);
  • Rede Wireless (sem fio);
  • SSD;
  • Switch;
  • Roteadores;
  • Monitores;
  • Adaptadores;
  • Cabos;
  • Fone de ouvido;
  • Gabinetes;
  • Headset;
  • Kit gamer;
  • Mochilas;
  • Mouse;
  • Pen Drive;
  • Som e acessórios;
  • Suportes;
  • Teclado;
  • WebCam;
  • Cadeiras gamer
  • Consoles (Nintendo, Playstation, Xbox, etc);
  • Jogos;
  • Adaptador USB;
  • Cabos de rede;
  • Conversor de mídia;
  • Modem;
  • Placas de rede.

Por sua vez, além dos itens listados, as lojas de informática também podem prestar uma série de serviços especializados em montagem e manutenção de computadores.

Loja de informática pode ser MEI?

Sim. De acordo com a legislação em vigor, as lojas de informática podem ser abertas no MEI, desde que utilizem os seguintes CNAEs (códigos de atividade):

  • 9511-8/00 – Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos;
  • 4751-2/01 – Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática.

No entanto, é importante destacar alguns pontos importantes:

  • Alguns fornecedores não vendem para lojas enquadradas no MEI;
  • O MEI possui limite anual de faturamento de R$ 81 mil;
  • Como MEI você só poderá contratar 1 funcionário;
  • O MEI não pode ter participação em outras empresas ou ter um sócio no seu negócio.

Por isso, quem pensa em abrir uma loja de informática precisa consultar um contador e verificar qual é o tipo de empresa ideal para o seu negócio.

Dentre as opções, podemos destacar:

  • EI – Empresário Individual;
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • Sociedade Empresária Limitada – LTDA.

Como abrir uma loja de informática?

Quem pensa em abrir uma loja de informática precisa contratar um serviço de contabilidade e separar alguns documentos, incluindo:

  • RG e CPF;
  • Título de Eleitor;
  • Comprovante de Residência;
  • Certidão de Casamento (se casado);
  • Inscrição Imobiliária ou Carnê IPTU do local para instalação da empresa.

Por sua vez, com a documentação do empreendedor em mãos, o contador cuidará de todos os trâmites para abertura da loja de informática, incluindo:

  • Registro na Junta Comercial;
  • Emissão do CNPJ;
  • Emissão da Inscrição Estadual;
  • Liberação do Alvará de Localização e Funcionamento.

Assim que a contabilidade obter toda documentação necessária junto aos órgãos competentes a loja de informática poderá entrar em funcionamento.

Para saber mais, receber um orçamento sem compromisso e solicitar a abertura da sua loja, clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Não emitir nota fiscal é crime? O que diz a…
Cresta Posts Box by CP