3 dicas Matadoras para não Cair na Malha Fina!

Compartilhe nas redes!

Fala pessoal, tudo bem? Bruno Nascimento, do canal Fale com o Contador. Dessa vez eu vou dar três dicas matadoras para você não cair na malha fina.

1ª dica: Despesas Médicas

Não invente de qualquer maneira despesas médicas na sua declaração de imposto de renda, para você ter que pagar menos imposto, isso daí não cola com a Receita Federal. Por quê? Porque os próprios médicos das clínicas médicas no final do ano eles resumem todos os rendimentos que eles tiveram com os pacientes, ou seja, eles resumem por CPF ou valor de consulta, todas as consultas que eles fizeram e declaram isso para a Receita.

Então o que o governo faz? Quando você vai na sua declaração de imposto de renda e declara despesas médicas, ele confronta com a DMED que foi entregue pelo médico. Se alguma das pontas não bater, a sua declaração vai cair na malha fina, então despesas médicas não adianta, tem que fazer certinho para você não cair na malha fina, não invente despesas médicas.

2ª dica: Despesas de Aluguel

Se você faz a locação de imóvel para uma pessoa jurídica que o valor do aluguel seja maior que R$ 1.903,98, você teria que ter a retenção do imposto de renda de 7,5%. Quando você faz essa retenção do imposto de renda de 7,5%, o governo já está sabendo que você está alugando aquele imóvel. Então quando você chega no final do ano todas as retenções do imposto de renda, ou seja, aquele DARF que você fez de imposto de renda durante os 12 meses, você soma tudo que você recolheu do governo e no final você abate do que você tem a pagar. Se você não declarar, o governo já está sabendo que você alugou aquele imóvel pelas próprias guias que você pagou durante o ano.WhatsAppQuero meu orçamento

Quem aluga para pessoa jurídica, que o valor do aluguel seja maior que R$ 1.903,98, tem que fazer os DARF’s mensalmente e pagar e no final do ano você faz sua declaração certinho, senão você cai na malha fina.

3ª dica: Dependentes

Seu filho é dependente de você há muitos anos e agora ele começou a trabalhar, você tem que informar tanto a parte de contas bancárias dentro dos seus bens e direitos, destacando que é em nome dele e além disso os rendimentos também. Se ele trabalhou em uma empresa e tem informes de rendimento dessa empresa, você tem que declarar na sua declaração, ok?!

Gostou do vídeo? Curti, compartilha, comenta aqui embaixo se tiver qualquer dúvida, nós estamos à disposição. E fique esperto com relação a malha fina, beleza?! Obrigado! Se inscreva no canal.

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Qual o CNAE para infoprodutor?

Qual o CNAE para infoprodutor?

Qual o CNAE para infoprodutor? Essa é uma dúvida muito comum entre empreendedores que pretendem abrir um CNPJ para trabalhar com a venda de e-books,

Recomendado só para você
Você sabe como vender como afiliado de produtos digitais? Vender…
Cresta Posts Box by CP