Negócio Digital: Como receber seu dinheiro legalizado

Compartilhe nas redes!

Negócio digital, veja aqui como receber o seu dinheiro de forma legalizada, sendo MEI ou ME. Veja também como transformar MEI para ME.

Se você trabalha com plataformas de E-commerce, como Mercado Livre e B2W, é necessário saber algumas informações sobre a formalização MEI e ME.

Para realizar o processo de mudança, existem essencialmente duas maneiras: realmente migrando de categoria ou obtendo um novo CNPJ. Mas qual das duas opções vale mais a pena? E, afinal, o que realmente significa transformar MEI para ME?

Enfim, confira neste artigo tudo o que você precisa saber para realizar este processo com segurança e tranquilidade, bem como a forma de mudança mais indicada para você.

Negócio Digital: Como transformar MEI para ME? Qual a diferença?

Tanto MEI (Micro Empreendedor Individual) quanto a ME (Micro Empresa) são maneiras de formalizar o seu trabalho como Pessoa Jurídica. Sendo assim, as principais diferenças entre ter uma MEI e um ME são:

  • O limite de faturamento por ano;
  • A possibilidade (ou não) de ter mais de um empregado registrado,
  • E os processos contábeis da empresa, que diferem muito de uma modalidade para a outra.

Como já mencionado acima, um dos principais motivos que fazem empreendedores buscarem a mudança é o faturamento anual. Afinal, o MEI tem um limite de faturamento de R$ 81 mil por ano. Portanto, pense se isso condiz com a realidade do seu negócio.

Ou seja, se o faturamento esperado já é mais alto que isso, não pense duas vezes: formalize-se como ME. Isto é muito importante pois, se sua empresa, como MEI, tiver um faturamento que ultrapasse esse limite, você estará sujeito ao desenquadramento e multas.

Nesse caso, uma média de faturamento mensal que pode ser uma boa é a de R$ 6 mil. Ou seja, se você acredita que sua empresa irá faturar mais do que esse valor por mês, então, o ideal mesmo é se formalizar-se como ME.

Ser MEI é a maneira mais fácil de formalizar o trabalho para aqueles que trabalham por conta própria. Além do limite de faturamento, é importante se atentar também às seguintes regras:

  • Não participar como titular, administrador ou sócio de outra empresa;
  • Ter, no máximo, um funcionário,
  • Exercer somente as atividades econômicas previstas no anexo XI da Resolução CGSN nº 140, de 22 de maio de 2018

Características das Micro Empresas

O faturamento limite da ME, por sua vez, é de R$ 360 mil por ano. No entanto, no caso do ME, ultrapassar esse valor já não é um problema. Pelo contrário, é um sinal de que seu negócio está prosperando. Dessa forma, você será enquadrado como EPP (Empresa de Pequeno Porte).

Voltando à ME, confira a seguir outras características das micro empresas:

  • Ter, no máximo, 9 funcionários para comércio e prestação de serviços e até 19 funcionários para o segmento industrial;
  • Opção entre os regimes tributários Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real;
  • Escolha entre as categorias Empresário Individual, EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada); Sociedade Simples ou Sociedade Empresária,
  • Permissão para notas fiscais de vendas, tanto para pessoa física quanto para jurídica.

É importante lembrar que, mesmo que você tenha a meta de faturamento maior do que R$ 81 mil por ano, mas se ainda não atingiu, é possível ainda transformar MEI para ME.

Portanto, como já foi salientado, se o plano de lucros da sua empresa visa ultrapassar esse limite em algum momento, é melhor você ir se preparando para essa mudança para evitar problemas futuros.

Negócio Digital: Como vender no Mercado Livre e B2W como ME

Sem dúvida, plataformas de marketplaces, como a Mercado Livre e a B2W, por exemplo, não vão desaparecer tão cedo, muito pelo contrário! Afinal de contas, o e-commerce é uma tendência mundial que só cresce. Por isso, com certeza, os Micro Empreendedores Individuais e Micro Empresas não vão ficar de fora dessa tendência.

De fato, tem sido cada vez mais frequente que MEIs e Mes atuem no varejo online. Muitas lojas virtuais de vestuário, por exemplo, têm vendido e lançado seus produtos como MEIs e MEs. De qualquer forma, se sua intenção é atuar ou ampliar sua atuação no varejo online, é importante analisar o contexto do seu nicho. Pois é preciso ter ofertas competitivas.

No entanto, se você é MEI, pode encontrar algumas dificuldades. A principal delas é que alguns estados brasileiros não aceitam MEI para a emissão de Notas fiscais eletrônicas, e que todos os canais de marketplaces exigem. Além disso, não é todo marketplace que aceita.

Entretanto, no caso dos marketplaces Mercado Livre e B2W, é possível atuar no e-commerce também como MEI. O Mercado Livre, inclusive, facilita mais ainda, pois o site não obriga que o vendedor emita notas fiscais. Contudo, pela limitação que existe em alguns estados do Brasil, o ideal é ser ME para fazer este tipo de negócio.

A importância de transformar MEI para ME

Sendo assim, caso você ainda não o tenha feito, será preciso transformar MEI para ME. Feito isso, é necessário se atentar também para as estratégias de venda e gestão. Aliás, o e-commerce tem a facilidade de ser uma atividade remota.

Além disso, é possível padronizar sua atuação, caso você opte por mais de um marketplace (como Mercado Livre e B2W, por exemplo). Assim, você pode integrar suas contas nessas plataformas, realizando suas vendas de maneira mais organizada e com uma economia maior de tempo.

Desse modo, há também uma ampliação da sua vitrine virtual, alcançando mais pessoas, uma vez que esses marketplaces reproduzem anúncios em sites diversos.

Por fim, não se esqueça de que, mesmo que você decida por transformar MEI em ME, é preciso Declarar Imposto de Renda em ambas as opções.

Outro fator importante é que, mesmo lidando com atividades remotas, grande parte das vendas por E-commerce dependem de questões logísticas, como serviços de entrega, compras de materiais, entre outros.

Portanto, organize-se para que este importante pilar de seu negócio digital fique sempre bem firme.

Conheça o Eu Contador e conte com o nosso time de profissionais especializados no seu tipo de negócio!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Como transformar MEI para ME no Mercado Livre e B2W?…
Cresta Posts Box by CP