Como abrir um escritório de arquitetura

Compartilhe nas redes!

Como abrir um escritório de arquitetura? Muitos arquitetos, após formados, se deparam com essa possibilidade, mas não sabem por onde começar.

Iniciar um empreendimento, é algo que precisa ser muito bem planejado. Há muitos detalhes que o arquiteto empreendedor deve observar antes de investir.

Foi pensando nisso que hoje o Eu Contador decidiu preparar um conteúdo completo, explicando tudo o que você precisa saber para abrir o seu próprio escritório de arquitetura.

Sendo assim, não podemos perder mais tempo! Vamos começar?

O que é preciso para abrir um escritório de arquitetura?

Para abrir um escritório de arquitetura, você não precisará de um alto investimento inicial, afinal, pode começar trabalhando sozinho e aos poucos ir estruturando sua equipe.

Basicamente, será preciso investir em uma sala comercial e em alguns equipamentos e itens de mobília.

Sendo assim, o seu primeiro passo consistirá em encontrar uma localização que seja estratégica para atender ao público-alvo do seu futuro negócio.

Na sequência, pense no que você precisará de mobiliário de trabalho e equipamentos, como computador, impressor, telefone e acesso a internet.

Por fim, vale destacar que a decoração do local também não pode ser subestimada, afinal é muito importante que o escritório de arquitetura reflita aquilo que ele representa.

Na sequência, você confere um passo a passo completo para abrir um escritório de arquitetura.

1.Monte um plano de negócios

No plano de negócios constam todos os detalhes do empreendimento, incluindo:

  • Objetivos e missão da empresa;
  • Planejamento financeiro;
  • Estudo de mercado e concorrentes;
  • Definição do público-alvo;
  • Estudo de fornecedores;
  • Definição de metas;
  • Atividades a serem desenvolvidas;
  • Planejamento de marketing;
  • Estrutura e mão de obra necessária.

Não tenha dúvidas, toda empresa que possui um plano de negócios enfrenta menos dificuldades e riscos, pois está preparada para os desafios.

2.Contrate um escritório de contabilidade

Após preparar um plano de negócios completo, você precisará do apoio e assessoria de um escritório de contabilidade.

O contador é o profissional que ficará responsável por cuidar de todos os trâmites para abertura do seu escritório de arquitetura e também para que o mesmo permaneça em dia com o fisco.

Para abrir um escritório de arquitetura, forneça ao seu contador os seguintes documentos:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Registro no CAU;
  • Carnê IPTU ou Inscrição Imobiliária do imóvel para instalação do escritório.

3.Defina a natureza jurídica

Quando o assunto é como abrir um escritório de arquitetura, você também precisará escolher uma natureza jurídica.

Aqui no Brasil, temos muitas opções, dentre as quais, podemos destacar:

  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal
  • EI – Empresário Individual
  • Sociedade Empresarial Limitada

Com um bom plano de negócios e o apoio de uma contabilidade especializada, você saberá definir a melhor opção para os seus objetivos de negócio.

Por falar em natureza jurídica, vale destacar que um escritório de arquitetura não pode ser MEI.

4.Escolha o melhor regime tributário

Após já ter definido a natureza jurídica ideal para o seu escritório de arquitetura, será preciso escolher o regime tributário mais econômico para o seu negócio.

No Brasil existem três regimes tributários, cada um deles com as suas próprias características.

Veja a seguir:

  • Simples Nacional: O pagamento de tributos é feito em guia única. Seu limite de faturamento anual é de 4,8 milhões de reais. Carga tributária varia de 6% a 19,50%;
  • Lucro Presumido: Tributos pagos individualmente, limite anual de 78 milhões de reais de faturamento. Suas alíquotas variam entre 13,33% e 16,33%;
  • Lucro Real: Qualquer escritório de arquitetura que faturar mais do que 78 milhões por ano é obrigado a se enquadrar nesse regime.

5.Abertura do CNPJ e emissão do Alvará

Após separar os documentos necessários e em conjunto com o seu contador, definir o melhor regime tributário e natureza jurídica para o seu escritório de arquitetura, basta aguardar alguns dias para conclusão dos trâmites de abertura da sua empresa, incluindo:

  • Registro na Junta Comercial;
  • Emissão do CNPJ;
  • Emissão do Alvará de Localização e Funcionamento.

Após a liberação da documentação, seu escritório de arquitetura estará pronto para entrar em funcionamento.

Quanto um escritório de arquitetura paga de imposto?

Normalmente, os escritórios de arquitetura optam por um dos seguintes regimes tributários:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido.

No Simples Nacional, a tributação para escritórios de arquitetura pode iniciar em 6% ou 15,50%, a depender da regra do Fator R, que basicamente, diz o seguinte:

  • Escritórios de arquitetura com despesas de pró-labore e folha de pagamento em volume igual ou superior a 28% do seu faturamento mensal, devem ser tributados pelo Anexo III.

Anexo III

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 6,00%
De 180.000,01 a 360.000,00 11,20% R$ 9.360,00
De 360.000,01 a 720.000,00 13,20% R$ 17.640,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 16,00% R$ 35.640,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 21,00% R$ 125.640,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33,00% R$ 648.000,00
  • Escritórios de arquitetura com despesas de pró-labore e folha de pagamento em volume inferior a 28% do seu faturamento mensal, devem ser tributados pelo Anexo V.

Anexo V

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 15,50%
De 180.000,01 a 360.000,00 18,00% R$ 4.500,00
De 360.000,01 a 720.000,00 19,50% R$ 9.900,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 20,50% R$ 17.100,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 23,00% R$ 62.100,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 30,50% R$ 540.000,00

Quando o Simples Nacional não é a opção mais econômica, os escritórios de arquitetura podem optar pelo Lucro Presumido.

Neste caso, a tributação será fixa em um percentual que varia de 13,33% a 16,33% sobre o faturamento mensal, dependendo da cidade de atuação da empresa.

Diante das possibilidades, o melhor caminho é contar com o auxílio e a orientação de um contador para garantir uma boa escolha e economizar.

Procure uma contabilidade para escritório de arquitetura

Para finalizar, se você precisar abrir um escritório de arquitetura, venha conhecer os serviços do Eu Contador.

O time da Eu Contador é composto de especialistas que vão lhe auxiliar e orientar na regularização do seu negócio e no cumprimento de todas as obrigações exigidas pelo fisco.

Conheça mais sobre os nossos serviços, clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco.

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Problemas fiscais: Veja quais são e como evitá-los Apesar de…
Cresta Posts Box by CP