Quanto posso vender na internet como pessoa física

Compartilhe nas redes!

Quanto posso vender na internet como pessoa física? Você já parou para se perguntar sobre os limites para vendas no seu CPF?

Se você vende ou pretende vender produtos como pessoa física na internet, seja em um site próprio ou em plataformas diversas, como a Hotmart, o Mercado Livre e a Shopee, preste muita atenção neste conteúdo e tome todo cuidado possível.

O fisco está de olho e apertando o cerco em relação às pessoas físicas que vendem produtos na internet e não declaram corretamente os seus rendimentos.

Diante da importância do tema, o Eu Contador decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto, explicando quanto você pode vender na internet como pessoa física e o que é preciso fazer para ficar em dia com o fisco.

Deseja saber mais sobre o assunto e evitar complicações, que incluem multas pesadas e sanções? Continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final.

Posso vender na internet como pessoa física?

Sim. Você pode vender na internet como pessoa física e fazer desta uma fonte de renda extra ou até mesmo a sua fonte de renda principal.

Por sinal, vender produtos na internet pode ser um negócio altamente rentável e lucrativo, desde que você respeite suas limitações como pessoa física e as exigências do fisco.

Mas, afinal, você sabe quais exigências são essas? Bom, então, vamos lá!

De acordo com a legislação em vigor, todo contribuinte que recebe recursos de outras pessoas físicas em valor superior a R$ 1.903,98 mensais precisa declarar e recolher o Imposto de Renda.

A declaração em questão é realizada por meio do Carnê Leão Web, sistema da Receita Federal, onde o contribuinte informa seus rendimentos e gera a guia para pagamento do Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF.

Diante desta obrigatoriedade, temos dois importantes problemas:

  • O IRPF possui alíquotas elevadas, podendo alcançar 27,50%;
  • Muitas pessoas não sabem que precisam declarar e acabam sendo autuadas.

Na tabela abaixo, você pode conferir as faixas de contribuição e alíquotas do Imposto de Renda Pessoa Física:

Base de cálculo Alíquota Parcela a deduzir
Até 1.903,98 Isento Isento
De 1.903,99 até 2.826,65 7,50% R$ 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15% R$ 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,50% R$ 636,13
Acima de 4.664,68 27,50% R$ 869,36

Sendo assim, você até pode vender na internet como pessoa física, desde que recolha o Imposto de Renda sempre que faturar mais de R$ 1.903,98 por mês.

No entanto, é preciso reconhecer que as alíquotas são elevadas, inviabilizando na maioria dos casos a margem de lucro do empreendedor.

Diante deste contexto, abrir um CNPJ para vender na internet pode ser uma opção mais econômica e vantajosa para você.

Preciso de CNPJ para vender na internet?

Você pode vender na internet como pessoa física, e, portanto, como regra geral, não precisa de um CNPJ.

No entanto, ao abrir um CNPJ, você pode pagar menos impostos e além disso, aproveitar uma série de outros benefícios importantes para alavancar os seus negócios.

Logo na sequência, você conhecerá as opções disponíveis para quem decide abrir um CNPJ para vender produtos na internet.

MEI – Microempreendedor Individual

O MEI – Microempreendedor Individual é uma excelente alternativa para quem vende até R$ 81 mil por ano, ou seja, em média R$ 6.750,00 por mês na internet.

Quem decide abrir esse tipo de empresa conta com uma série de benefícios importantes, dentre os quais, podemos destacar:

  • Permissão para emitir notas fiscais;
  • Acesso a linhas especiais de crédito e financiamento;
  • Pagamento de impostos em guia única;
  • Pagamento de impostos em valor fixo e reduzido;
  • Permissão para contratar 1 funcionário;
  • Acesso a aposentadoria e benefícios do INSS.

Portanto, se você vende até R$ 81 mil por ano, vale a pena se registrar como MEI para ficar em dia com o fisco e pagar menos impostos.

Por sua vez, você que vende mais de R$ 81 mil por ano na internet, pode escolher entre o Simples Nacional e o Lucro Presumido, conforme veremos na sequência

Simples Nacional

No Simples Nacional você poderá vender até R$ 4,8 milhões por ano e paga seus impostos em guia única.

As alíquotas do Simples Nacional para comércio estão presentes no Anexo I do referido regime e iniciam em 4% ao mês, conforme tabela abaixo:

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 4,00%
De 180.000,01 a 360.000,00 7,30% R$ 5.940,00
De 360.000,01 a 720.000,00 9,50% R$ 13.860,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 10,70% R$ 22.500,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 14,30% R$ 87.300,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 19,00% R$ 378.000,00

Lucro Presumido

Por sua vez, no Lucro Presumido, você poderá vender até R$ 78 milhões por ano e contará com uma carga tributária distribuída da seguinte forma:

  • Impostos Federais: 5,93% sobre o faturamento;
  • Imposto Estadual: ICMS em percentual variável de acordo com a legislação de cada estado.

Dito isso, o mais importante é que você saiba que em todas as opções apresentadas é possível pagar menos impostos que na pessoa física.

Na prática, o que queremos dizer é que você até pode vender na internet como pessoa física, mas poderá economizar muito ao abrir um CNPJ e realizar suas vendas como pessoa jurídica.

Benefícios de abrir um CNPJ para vender na internet

Quem decide abrir um CNPJ para vender na internet pode aproveitar uma série de benefícios, dentre eles:

  • Economia no pagamento de impostos;
  • Permissão para emitir notas fiscais;
  • Facilidade para contratar transportadoras;
  • Permissão para contratar funcionários;
  • Acesso a linhas especiais de crédito;
  • Maior credibilidade junto aos clientes;
  • Acesso aos melhores fornecedores;
  • Dentre outros benefícios importantes.

Como abrir um CNPJ para vender na internet?

Abrir um CNPJ para vender na internet é algo muito mais fácil do que você imagina.

Na prática, você vai precisar de alguns documentos e do apoio e assessoria de uma contabilidade especializada.

Sendo assim, não perca mais tempo, clique em um dos botões abaixo, entre em contato conosco e solicite a abertura do seu CNPJ.

É hora de regularizar suas atividades, pagar menos impostos, evitar problemas com o fisco e vender mais!

1.8/5 - (10 votes)

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Simples Nacional para engenheiros

Simples Nacional para engenheiros

Como funciona o Simples Nacional para engenheiros? Será que este é o melhor regime tributário para engenheiros que possuem ou pretendem abrir um CNPJ? Em

Recomendado só para você
Como abrir um escritório de arquitetura? Muitos arquitetos, após formados,…
Cresta Posts Box by CP