4 Dicas sobre a abertura de consultório odontológico!

4 Dicas Sobre A Abertura De Consultório Odontológico

4 Dicas Sobre A Abertura De Consultório Odontológico

Quem deseja saber como montar um consultório odontológico deve estar atento a uma série de cuidados, não só para atrair e conquistar o seu público alvo, como também para estar com o seu negócio legalizado perante a lei. Por isso, é essencial estar bem informado no contrato social 

Afinal, mesmo se tratando de um atendimento voltado à saúde, o consultório odontológico funciona como qualquer outro tipo de empresa. Isso quer dizer que deve seguir o passo a passo necessário para se formalizar como um negócio.

Além disso, o que precisa para montar um consultório odontológico consiste em ter uma estratégia de marketing eficiente para chegar até o seu público alvo e chamar a sua atenção, de modo que se interessem pelos seus serviços. Só assim é possível prosperar.

[elementor-template id=”8045″]

Portanto, se você deseja saber tudo o que é preciso para o obter sucesso nesse segmento de mercado, continue lendo este artigo e descubra quais são as 4 dicas sobre a abertura de consultório odontológico. Para tanto, confira as informações contidas nos tópicos a seguir:

  • 1 – Faça um plano de negócios para o consultório odontológico
  • 2 – Formalize perante o governo o consultório odontológico
  • 3 – Conheça as necessidades do público do consultório odontológico
  • 4 – Invista no marketing do consultório odontológico

1 – Faça um plano de negócios para o consultório odontológico

A primeira dica para aprender a como montar uma clínica odontológica é o mesmo passo fundamental de qualquer empresa que esteja iniciando. Consiste em fazer um plano de negócios, para que você reúna todas as informações relevantes a seu respeito.

E, a partir disso, possa vislumbrar de maneira geral o empreendimento que deseja abrir. Com isso, é possível verificar se tudo está de acordo com o planejado, bem como identificar pontos que possam estar faltando e até mesmo verificar o que pode ser melhorado.

Vale lembrar que muitos negócios, hoje em dia, depois de abrirem as suas portas, não permanecem funcionando por mais de dois anos. Por mais que ofereçam um produto ou serviço relevante, isso não é o suficiente.

Afinal, a concorrência é grande em praticamente todos os segmentos de mercado, o que quer dizer que, assim como você, muitos outros profissionais também pretendem ter um escritório de odontologia. Então, é fundamental ter um negócio bem estruturado.

Como fazer um plano de negócios

Para fazer um plano de negócios para consultório odontológico é importante conhecer esse tipo de empreendimento. Ou seja, quais são os serviços que podem ser oferecidos para os clientes, lembrando que não é preciso ser formado na área para investir nesse setor.

Porém, nesse caso, é essencial ter uma equipe que conheça o ramo ou mesmo obter a assessoria de um profissional qualificado. De qualquer forma, quando são definidos os serviços a serem oferecidos, é urgente montar uma equipe capacitada para fornecer o atendimento.

Veja no Vídeo um breve comentário sobre abertura de um Consultório Odontológico!

Essas informações, como os serviços que serão prestados e quais profissionais devem ser contratados, devem estar presentes no seu plano de negócio. Também é necessário incluir o perfil do público alvo do seu consultório odontológico.

Outros dados do plano de negócio são o local de funcionamento do seu empreendimento, a lista com os equipamentos necessários, bem como os seus fornecedores e dos insumos que devem ser adquiridos com alguma regularidade.

Colocando na ponta do lápis todas essas informações, você tem em mãos o plano de negócio. E, ao desenvolvê-lo, consegue perceber automaticamente o que pode estar faltando, assim, na hora da abertura de consultório odontológico propriamente dito, tudo estará em ordem.

2 – Formalize perante o governo o consultório odontológico

Ao ter uma ideia bem clara sobre como vai ser o seu consultório odontológico, chega a hora de formalizá-lo, de modo que se torne uma empresa regularizada perante o governo. Atualmente, existem diferentes formas de constituir uma empresa.

Se você vai trabalhar sozinho e, em um primeiro momento, o seu faturamento não vai ultrapassar os R$ 81 mil, é possível se tornar MEI – microempreendedor individual. Nesse caso, é possível contratar apenas um funcionário.

A vantagem dessa modalidade está na cobrança de impostos, que é muito mais baixa e o procedimento todo menos burocrático, sendo preciso apenas acessar o Portal MEI e seguir as orientações. Tudo é feito pela internet.

Já se o seu faturamento vai ser maior e você pretende ter sócios, então, a sua empresa será enquadrada como Sociedade Limitada (LTDA). Mas se a sua ideia é não ter sócios, é possível escolher entre Empresário Individual (EI) e Empresa Individual de Responsabilidade Limitada.

Em ambos os casos, o seu negócio é uma microempresa. A diferença é que como EI, o capital pessoal e da empresa não ficam separados, enquanto no EIRELI, ficam separados. Resumindo, isso significa que, se o consultório se endividar, com a EIRELI o seu dinheiro estará seguro. Veja aqui como abrir uma eireli

Contabilidade Digital para Clínicas Médicas

Porém, para ser EIRELI é preciso ter um capital pessoal de valor bastante elevado. De qualquer maneira, para essa questão e para definir o regime de tributação do seu consultório é recomendado contar com um contador ou escritório de contabilidade.

Importância do contador para abrir negócio

Esse profissional contribui ainda com o processo de registro da empresa nos órgãos competentes, bem como se ocupa das inscrições necessárias. Em geral, o procedimento inicia na Junta Comercial da sua cidade, onde acontece a solicitação de abertura de empresa.

Também é preciso buscar os alvarás necessários para o consultório odontológico, sendo que esses documentos variam de acordo com o segmento de mercado de cada empresa.

No caso da prestação de serviços de odontologia, em geral, exige-se o Alvará de Prevenção e Proteção Contra Incêndio, solicitado e emitido pelo Corpo de Bombeiros Militar. Outro documento necessário é o alvará de licença sanitária para pessoa jurídica

Esse documento costuma ser solicitado à Agência Nacional de Vigilância de Saúde, podendo ser ainda à Secretaria Estadual ou mesmo à Municipal de Saúde. E, para poder contratar funcionários, deve-se ainda fazer o cadastro na Previdência Social.

3 – Conheça as necessidades do público do consultório odontológico

Como já foi dito, por mais que os serviços odontológicos sejam necessários a toda a população, existem outras clínicas que oferecem o mesmo atendimento. Portanto, deve-se ter um diferencial de mercado para que você seja escolhido e não os seus concorrentes.

Esse diferencial pode ser o preço mais baixo, o atendimento especializado, os descontos para um determinado público, entre outros. E, a melhor forma de saber como a sua empresa pode se tornar mais atrativa, é conhecendo as necessárias específicas do seu público.

Assim, é necessário identificar qual a parcela da população que mais está interessada nos seus serviços. E, a partir disso, conhecer profundamente o seu perfil, para saber em detalhes o que ela realmente deseja.

O seu público pode buscar apenas o atendimento padrão ou buscar serviços especializados da área da odontologia. Hoje em dia, muitas clínicas de odontologia oferecem atendimento voltado à odontologia estética.

Nesse caso, é preciso ter os profissionais competentes a realizar os procedimentos adequados, além de estar atento às tendências. Resumindo: quanto mais você identifica as necessidades dos clientes em potencial do seu negócio, maiores são as chances de obter sucesso.

4 – Invista no marketing do consultório odontológico

Mais uma das dicas de como fazer a abertura de clínica odontológica é investir no marketing, podendo ele ser online ou off-line, o que também depende do perfil do seu público alvo. No geral, recomenda-se apostar em ambos, identificando as ações mais eficientes.

Desse jeito, quem tem um consultório odontológico pode investir no marketing tradicional, com cartão de visita, folders e malas diretas para atingir o público local. Afinal, a proximidade é uma vantagem ao buscar esse serviço, então, os moradores do seu entorno devem conhecer a sua clínica.

Mas o seu negócio não precisa se restringir a ele, podendo conquistar clientes de toda a sua cidade ou mesmo região. Para isso, o marketing digital pode ser um grande aliado, incluindo a sua empresa nas redes sociais, enviando e-mail marketing, fazendo posts em blogs e outros.

O mais importante é verificar quais são os canais que mais intimamente se comunicam com os seus clientes em potencial e investir neles. Para tanto, é necessário fazer uma estratégia de marketing, contendo um cronograma de atividades e uma equipe dedica a essa tarefa.

Orçamento