EuContador

O que você precisa saber para abrir uma Empresa Médica

Abertura De Empresas

O brasileiro é dos povos mais empreendedores do mundo. Muitos deles pretendem abrir seu próprio negócio, fazer sua própria rotina de trabalho, ou seja, serem donos do próprio nariz. Porém, uma das maiores dificuldades que essas pessoas encontram durante o processo de abertura de uma empresa é relacionado a falta de conhecimento e entendimento dos procedimentos contábeis.

Contrato Social

O Contrato Social é o primeiro passo contábil necessário para abrir uma empresa. Ele precisa ser feito com cautela, atenção e contem as seguintes informações:

  • em primeiro lugar o tipo de empresa ,ou seja, onde é preciso apontar a localização do empreendimento, o nome, ramo de atividade e outras informações.
  • em segundo lugar no CNAE, que irá influenciar a faixa de tributos a qual sua empresa Fácil estará submetida.
  • Esse dado é importante para aqueles que pretendem participar de licitações públicas.
  • em terceiro lugar os sócios: Você precisa indicar quantos são os sócios, anexar documentação de cada um deles e a função que irão desempenhar dentro da empresa.
  • por fim é preciso indicar o investimento inicial que será aplicado para abrir o negócio, sendo aconselhável que o montante aplicado seja igual para todos os sócios.

[elementor-template id=”8045″]

Regime Tributário

Posteriormente é preciso analisar qual regime tributário se enquadra melhor no perfil da empresa. Nessa fase você pode pedir auxílio a um profissional ou escritório de contabilidade. Há três modalidades tributárias vigorando atualmente no país.

O Simples Nacional é mais indicada a empresas que estão iniciando suas atividades no mercado.  Nessa modalidade, os impostos não passam de 6%, para quem tem faturamento de até 180 mil por ano, e de 17,42%, para quem fatura até R$ 3,6 milhões.

Leia este conteúdo também: https://eucontador.com.br/quais-os-direitos-na-demissao-sem-justa-causa-em-uma-clinica-medica/

Já o Lucro Presumido é o regime em que os impostos incidem sobre a arrecadação que a empresa espera obter no final do ano, levando-se em conta o faturamento médio de uma empresa do mesmo ramo de atividade.

E, por fim, o Lucro Real, que é a modalidade sobre a qual os impostos recaem sobre o faturamento integral por ano. Essa modalidade pode ser benéfica para empresas que não tem lucro garantido ou fixo, principalmente, durante o início das atividades.

Descrevemos de forma simples sobre Médico

Existem dois outros regimes especiais:

  • O Microempreendedor Individual (MEI), que é ideal para quem trabalha por conta própria ou com mais um funcionário.
  • O regime de Microempresas (ME) e
  • Empresas de Pequeno Porte (EPP), que são formatos para empresas com arrecadações entre R$ 60.000,01 e R$ 3,6 milhões, onde se pode contratar mais de um funcionário.

Veja no Vídeo O que você precisa saber para abrir uma Empresa!!

Tipo de Sociedade

Outras dúvidas dos empreendedores são a respeito do tipo de sociedade a que vão aderir.

Uma delas é a Sociedade Limitada (LTDA), que é aquela na qual os sócios participam do contrato social desde o processo de abertura da empresa.

A sociedade Anônima (SA), por sua vez, é aquela em que o capital financeiro é dividido em ações.

         

Esses títulos são alvo de compra e venda nas bolsas de valores.

E, por fim, a Sociedade Individual é aquela em que somente uma pessoa é encarregada da responsabilidade sobre todo capital investido.

Registro de Classe

Depois da escolha do tipo de sociedade e consequente legalização do contrato social, vem o registro na entidade de classe ligada ao ramo de atividade que leva de 30 a 90 dias para ficar pronto.

Imóvel

Em seguida, o empresário e seus sócios, se tiver, devem proceder com a escolha do imóvel onde vão operar os negócios.

Veja também este conteúdo https://financeiro360.com.br/bpo-financeiro-para-clinicas-medicas-terceirizacao/

Antes de disso, faça um check-up na documentação desse imóvel junto aos órgãos competentes, no caso, a prefeitura.

O tempo de duração do contrato de aluguel deve estar de acordo com suas expectativas de manutenção das atividades.

Custos Fixos e Variáveis da operação

Por fim, é importante calcular todas as despesas necessárias para constituir e manter o desenvolvimento das operações empresariais.

Em suma você pode fazer um controle, através de uma planilha, de todos os gastos, que vão desde:

  • primeiramente na compra de maquinário,
  • em segundo lugar nas despesas com água e luz,
  • em terceiro lugar nos gastos com a folha de pagamento dos funcionários e
  • por fim possíveis investimentos a serem realizados em curto prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.