Como abrir empresa para corretor de imóveis

Compartilhe nas redes!

Você é um corretor de imóveis e está querendo aprender sobre como abrir empresa para corretor de imóveis e potencializar os seus resultados?

Então saiba que abrir um CNPJ para corretores de imóveis, não somente é possível, como também é recomendável. 

Por sinal, vale destacar que não é necessário montar uma corretora de imóveis completa para isso, você pode abrir um CNPJ no seu próprio endereço..

Como muitos profissionais da área têm dúvidas sobre como criar uma empresa para trabalhar como corretor de imóveis, neste conteúdo vamos explicar tudo que é necessário.

Vantagens de abrir empresa para corretor de imóveis

Antes de explicar o que é preciso para abrir uma empresa para corretor de imóveis, é importante explicar sobre as vantagens de atuar como um corretor pessoa jurídica pode oferecer.

Primeiramente vem o fator mercadológico: as pessoas confiam mais em profissionais formalizados, que podem oferecer garantias por seus serviços. 

Um corretor de imóveis autônomo não consegue transmitir a mesma confiança que um corretor de imóveis que pode exibir um CNPJ e emitir nota fiscal.

Outras duas vantagens bem interessantes de abrir empresa para corretor de imóveis, são:

  • Poder usar um nome fantasia, pode ser algo muito útil do um ponto de vista de marketing;
  • Ter acesso a opções de crédito bancário disponíveis apenas para empresas.

Você já conhece as principais vantagens de abrir uma empresa para corretor de imóveis. Sendo assim, vamos conferir no próximo tópico, os tipos de empresa que um profissional da área pode abrir.

Tipos de empresa para corretor de imóveis

No momento de abrir empresa para corretor de imóveis, este profissional terá as seguintes opções:

  • EI (Empresário Individual): Opção para profissionais que desejam abrir uma empresa sem sócios, mas com a desvantagem de ter o seu patrimônio particular vinculado ao da empresa.
  • Sociedade Limitada Unipessoal (SLU): outra opção para quem quer atuar com corretagem de imóveis sem sócios e com a vantagem de manter possíveis dívidas da empresa separadas do patrimônio pessoal.
  • Sociedade Limitada: Essa opção é indicada para corretores que desejam abrir uma empresa em sociedade.

Vale destacar que, de acordo com uma decisão recente de 2021, com a LEI Nº 14.195/2021 a modalidade de empresa EIRELI já não existe mais, sendo substituída pela SLU.

Corretor de imóveis pode ser MEI?

Ao buscar entender como abrir empresa para corretor de imóveis, muitos profissionais da área pensam que por podem ser MEI.

No entanto, é importante esclarecer que corretores de imóveis não podem exercer suas profissão como MEI – Microempreendedor Individual.

Na prática, o MEI só é permitido a profissões sem regulamentação própria. Como os corretores de imóveis são regulamentados pelo CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis), eles ficam impedidos de atuar na condição de MEI.

Também vale lembrar que o MEI tem um limite de faturamento de 81 mil reais por ano e só pode ter um empregado registrado, características que podem dificultar o crescimento da empresa.

Qual o regime tributário para corretor de imóveis?

Como já mencionamos, o corretor de imóveis agora pode ser do Simples Nacional, no entanto, existe uma regra em particular que tem de ser observada, que é a do Fator ‘R’.

O Fator R é um cálculo feito a cada mês para verificar se uma empresa tem que ser tributada de acordo com as alíquotas do “Anexo III” ou do “Anexo V” do Simples Nacional.

Com base no Fator R, empresas do segmento de corretagem de imóveis com despesas significativas de folha de pagamento, podem ser tributadas no Anexo III, e com isso, pagar menos impostos..

Veja agora a diferença das alíquotas entre cada anexo na hora de abrir empresa para corretor de imóveis:

Anexo III

Anexo V

Por fim, é importante destacar que além do Simples Nacional, corretores de imóveis podem abrir empresa no Lucro Presumido, opção onde a tributação pode variar entre 13,33% e 16,33% sobre o faturamento mensal.

Qual o CNAE para corretor de imóveis?

Outra etapa importante no processo de abrir empresa para corretor de imóveis é a escolha do CNAE.

O CNAE deve descrever a atividade correta da empresa, evitando assim, problemas com o fisco.

No caso do corretor de imóveis, esse CNAE é o 6821-8/01, que representa “Corretagem na compra e venda e avaliação de imóveis”. 

Todavia, ainda há outros dois CNAEs que podem ser utilizados, sendo eles:

  • 6821-8/02 – Corretagem no aluguel de imóveis;
  • 6822-6/00 – Gestão e administração da propriedade imobiliária.

Você pode escolher o melhor CNAE para abrir a sua corretora, com o auxílio do nosso time de contadores.

Como abrir empresa para corretor de imóveis?

Por fim, veja a seguir um passo a passo com tudo que é necessário para abrir uma empresa para corretor de imóveis, confira:

  • 1. Confecção do Contrato Social;
  • 2. Coleta dos documentos necessários como RG, CPF e etc.;
  • 3. Registro do contrato na Junta Comercial;
  • 4. Obtenção do CNPJ com a Receita Federal;
  • 5. Efetuar a inscrição municipal e obter permissão emissão de Nota Fiscal;
  • 6. Conseguir o alvará de funcionamento e localização;
  • 7. Registrar a empresa no CRECI.

Vale ressaltar que cada região do país tem o seu próprio CRECI, e as taxas cobradas e documentos requeridos podem variar um pouco.

Também é importante lembrar que a melhor forma de abrir empresa para corretor de imóveis é contando com o auxílio de um contador ou contabilidade especializada.

Agora fala pra gente! Gostou desse conteúdo? Se você é um corretor de imóveis, venha abrir a sua empresa com a EuContador! Entre em contato conosco, clicando em um dos botões abaixo:

 

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Você sabia que uma contabilidade para ecommerce pode fazer grande…
Cresta Posts Box by CP