Como abrir um material de construção

Compartilhe nas redes!

Pensando em abrir um material de construção, mas não sabe exatamente por onde começar ou possui algumas dúvidas para esclarecer?

Se a sua resposta foi “Sim”, você chegou ao lugar certo e precisa conferir todos os detalhes deste conteúdo completo que o time de contadores do Eu Contador preparou para você.

Confira o que você vai encontrar na sequência:

  • Material de construção pode ser MEI?
  • Quanto custa para abrir um material de construção?
  • Lista de documentos para abrir um material de construção
  • Como funciona a tributação para material de construção
  • Como abrir um material de construção [Passo a Passo]

Para saber mais, confira com atenção todos os tópicos deste artigo ou entre em contato conosco através de um dos botões abaixo:

Material de construção pode ser MEI?

Quando o assunto é como abrir um material de construção, uma dúvida muito comum entre os empreendedores diz respeito ao MEI. Afinal, material de construção pode ser MEI?

A boa notícia, é que via de regra “Sim”, pois o CNAE 4744-0/99 – Comércio varejista de materiais de construção em geral, está presente no rol de atividades permitidas para os microempreendedores individuais.

Contudo, é muito importante destacar que o MEI possui algumas limitações que precisam ser levadas em consideração pelo empreendedor, incluindo:

  • Limite para contratar no mínimo 1 funcionário;
  • Limite de faturamento de R$ 81 mil por ano.

Na maior parte dos casos, as lojas de material de construção precisam de mais funcionários ou faturam mais de R$ 81 mil por mês. Sendo assim, apesar de possível, essa normalmente não é a melhor escolha para quem pretende empreender na área.

Quanto custa para abrir um material de construção?

De acordo com estimativas do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE, uma loja de materiais de construção com aproximadamente 100m², requer um investimento inicial de aproximadamente R$ 125 mil para entrar em operação.

Contudo, é importante destacar que este valor pode variar com base em diversos fatores, dentre eles, a localização do estabelecimento, o mix de produtos disponibilizados ao público e o tamanho do estoque inicial montado pelo empreendedor.

Por sua vez, com relação aos custos de registro e legalização da empresa, você deve considerar os seguintes itens:

  • Honorários da contabilidade;
  • Aquisição do certificado digital;
  • Taxa de registro da empresa na Junta Comercial.

Para obter um orçamento detalhado com o custo para abertura e legalização da sua loja, entre em contato conosco e fale com um dos nossos especialistas.

Lista de documentos para abrir um material de construção

Quando o assunto é como abrir um material de construção, uma das coisas que o empreendedor precisa organizar é a lista de documentos exigidos para abertura de empresas.

Normalmente, os órgãos de registro precisam dos seguintes documentos:

  • Certidão de casamento (se casado);
  • Contrato social ou requerimento de empresário em três vias.
  • Cópia autenticada do RG ou CNH;
  • Cópia do carnê IPTU ou da inscrição imobiliária do imóvel;
  • Cópia simples do CPF;
  • Última declaração de Imposto de Renda (se declarante).

Por sua vez, com estes documentos em mãos, a contabilidade conseguirá agilizar:

  • Registro na Junta Comercial;
  • Emissão do CNPJ;
  • Emissão da Inscrição Estadual e Inscrição Municipal;
  • Liberação do Alvará de Localização e Funcionamento.

Como funciona a tributação para material de construção

Quem decide abrir um material de construção, possui três regimes tributários à sua disposição. São eles:

  • Simples Nacional: Regime tributário destinado para micro e pequenas empresas, ou seja, negócios que faturam até R$ 4,8 milhões por ano.

Neste regime, a tributação para lojas de material de construção é paga em guia única mensal, calculada sobre o faturamento, com alíquota inicial em 4% ao mês.

  • Lucro Presumido: Regime tributário destinado para empresas que faturam até R$ 78 milhões por ano, ou seja, cerca de R$ 6,5 milhões por mês.

Neste regime, os materiais de construção pagam em média 5,93% em impostos federais + ICMS, imposto estadual cuja alíquota varia de estado para estado.

  • Lucro Real: Por fim, temos o Lucro Real, regime tributário obrigatório para grandes empresas, cujo faturamento anual é superior a R$ 78 milhões.

Neste regime, as alíquotas de contribuição são maiores, mas por outro lado, parte dos tributos é calculada sobre o lucro líquido e não com base no faturamento.

Pensando em abrir uma loja de material de construção, mas ainda não sabe qual é o regime tributário mais econômico para o seu negócio?

Conte com o time de especialistas do Eu Contador e garanta economia! Entre em contato conosco!

Como abrir um material de construção [Passo a Passo]

Esclarecidas algumas dúvidas importantes, é hora de conferir em um passo a passo objetivo e direto, tudo o que é preciso para abrir um material de construção.

1.Contrate uma contabilidade: O primeiro passo para abrir a sua loja sem dor de cabeça ou complicação, é a contratação de um serviço de contabilidade.

O contador ficará responsável por uma série de tarefas importantes, dentre elas:

  • Abertura e legalização de empresas;
  • Definição do melhor regime tributário para economia de impostos;
  • Registro da admissão, do afastamento e do desligamento de funcionários;
  • Cálculo de impostos, emissão de guias federais, estaduais e municipais;
  • Cálculo do pró-labore, da folha de pagamento e das guias de INSS e o FGTS;
  • Elaboração do balanço contábil e entrega das obrigações acessórias ao fisco.

2.Separe os documentos necessários: Durante este artigo, você conferiu quais são os documentos necessários para abrir a sua loja.

Agora, é hora de reunir todos eles, e em caso de dúvidas, solicitar suporte e orientação para a contabilidade.

3.Monte um plano de negócios: Apesar de não ser um passo obrigatório, montar um plano de negócios completo será importante.

Neste documento, você deve reunir itens como:

  • Nome, slogan, produtos e serviços;
  • Estudo de mercado e concorrentes;
  • Definição do público-alvo;
  • Estudo e identificação de fornecedores;
  • Definição da estrutura necessária para o empreendimento;
  • Necessidade de contratação de mão de obra;
  • Planejamento financeiro e previsão de retorno;
  • Planejamento completo de marketing;
  • Dentre outros itens importantes.

4.Aguarde o registro da empresa: Por fim, basta aguardar alguns dias, enquanto a contabilidade cuida dos trâmites para registro e legalização da empresa, incluindo a emissão dos seus documentos.

Assim que tudo estiver em ordem, seu material de construção receberá autorização para entrar em funcionamento.

Deseja saber mais e abrir um material de construção com a ajuda de especialistas? Clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!

 

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Simples Nacional para engenheiros

Simples Nacional para engenheiros

Como funciona o Simples Nacional para engenheiros? Será que este é o melhor regime tributário para engenheiros que possuem ou pretendem abrir um CNPJ? Em

Recomendado só para você
Abrir um minimercado pode ser muito lucrativo, principalmente se o…
Cresta Posts Box by CP