EuContador

Gestor de tráfego precisa de CNPJ?

Gestor de tráfego precisa de CNPJ?

Gestor de tráfego precisa de CNPJ? Essa é uma dúvida comum entre aqueles que atuam em uma das profissões mais promissoras do mercado.

Será mesmo que o gestor de tráfego precisa de CNPJ? O que diz a legislação e os especialistas em contabilidade para negócios digitais?

Neste conteúdo, o Eu Contador explica tudo o que você precisa saber sobre gestão de tráfego e contabilidade.

Ao longo deste conteúdo você vai encontrar as respostas que precisa para uma série de dúvidas a respeito do seu negócio, dentre elas:

  • O que faz um gestor de tráfego?
  • Qual o CNAE para gestor de tráfego?
  • Gestor de tráfego pode ser MEI?
  • Como abrir uma empresa de gestão de tráfego?

O que faz um gestor de tráfego?

Gestor de tráfego é o profissional responsável por gerenciar os anúncios pagos de empresas e sites na internet. 

Este profissional gerencia as verbas com publicidade e desenvolve campanhas de tráfego pago em plataformas como o Instagram Ads, Facebook Ads e Google Ads.

Como o próprio nome da função indica, gerar tráfego para as empresas e sites é a função desse especialista. 

Mas afinal, qual a finalidade da geração de tráfego? Na prática, as empresas geram tráfego porque sabem que essa é um excelente método para captar leads, conquistar novos clientes e gerar vendas.

Podemos afirmar que um gestor de tráfego é essencial para empresas e negócios que desejam crescer na internet, alcançando visibilidade, resultados e novos clientes.

         

Qual o CNAE para gestor de tráfego?

Uma das dúvidas mais comuns entre aqueles que pretendem abrir uma empresa para gestão de tráfego diz respeito ao CNAE, ou seja, ao tipo de atividade para registro deste tipo de negócio.

A gestão de tráfego é uma profissão de grande sucesso, mas relativamente nova que surgiu com o crescimento da internet e das redes sociais nos últimos anos.

Diante disso, a classificação de atividades empresariais mantida pelo IBGE e Receita Federal ainda não possui uma classificação específica para a função, no entanto, possui algumas atividades semelhantes à gestão de tráfego.

Sendo assim, quando a pergunta é “Qual o CNAE para gestor de tráfego”, temos diversas opções, dentre elas:

7319-0/03 – Marketing direto, que inclui:

  • Publicidade por mala-direta, por telefone, em visitas de representantes;
  • Serviços de marketing promocional;
  • Serviços de marketing de propaganda política.

7319-0/04 – Consultoria em Publicidade, que inclui:

  • Atividades de consultoria em publicidade e propaganda;
  • Assessoria em marketing, na divulgação de produtos e em publicidade e propaganda.

CNAE 6319-4/00 – Portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet, que inclui: 

  • Operação de páginas de internet (websites) ou de ferramentas de busca (search engine) para gerar e manter grandes bases de dados de endereços e conteúdos de internet;
  • Operação de portais de internet que atualizam periodicamente seu conteúdo, como, por exemplo, os dos meios de comunicação.

7319-0/02, de Promoção de vendas, que inclui:

  • Promoção de vendas e a publicidade no local da venda;
  • Distribuição ou entrega de material publicitário.

Conte com o apoio do nosso time de contadores especialistas em negócios digitais e escolha o melhor CNAE para o seu negócio!

Gestor de tráfego pode ser MEI?

Outra dúvida muito comum entre os gestores de tráfego diz respeito ao exercício da profissão como MEI, afinal, gestor de tráfego pode ser MEI?

Para essa dúvida, infelizmente a resposta é “Não”, o gestor de tráfego não pode ser MEI.

Sendo assim, o profissional que desejar abrir uma empresa neste segmento precisa escolher um outro tipo de empresa, dentre as quais, podemos destacar:

  • EI – Empresário Individual;
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • Sociedade Empresária Limitada.

A boa notícia é que o gestor de tráfego não pode ser MEI, mas pode optar pelo Simples Nacional.

No Simples Nacional, os gestores de tráfego podem ser tributados no Anexo III ou no Anexo V, conforme tabelas abaixo:

Anexo III

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 6,00%
De 180.000,01 a 360.000,00 11,20% R$ 9.360,00
De 360.000,01 a 720.000,00 13,20% R$ 17.640,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 16,00% R$ 35.640,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 21,00% R$ 125.640,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33,00% R$ 648.000,00

Anexo V

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 15,50%
De 180.000,01 a 360.000,00 18,00% R$ 4.500,00
De 360.000,01 a 720.000,00 19,50% R$ 9.900,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 20,50% R$ 17.100,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 23,00% R$ 62.100,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 30,50% R$ 540.000,00

Como podemos observar, as alíquotas iniciam em 6% sobre o faturamento, entre em contato com o nosso time de especialistas em contabilidade para gestor de tráfego e descubra quanto você vai pagar de impostos ao abrir sua empresa.

Como abrir uma empresa de gestão de tráfego?

Abrir uma empresa de gestão de tráfego pode ser mais fácil do que você imagina, para isso, tudo o que você precisa é de alguns documentos e a orientação de um contador especialista.

Os documentos para abrir uma empresa de gestão de tráfego são os seguintes:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • IPTU do local de instalação da empresa.

Com esses documentos, nosso time de especialistas vai solicitar o registro da sua empresa na Junta Comercial e a emissão de documentos como CNPJ, Inscrição Municipal e Alvará de Funcionamento.

Não tenha dúvidas, gestor de tráfego precisa de CNPJ, e por sinal, pode crescer muito na profissão com a abertura da sua própria empresa, pois assim pode emitir nota fiscal e fechar contratos maiores.

Isso sem falar que no Simples Nacional, você pode pagar menos impostos que na condição de pessoa física.

Deseja saber mais sobre o assunto? Conte com o Eu Contador, sua contabilidade especializada em negócios digitais, clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!