Fique atento às novidades do Imposto de Renda (IRPF) 2016

Compartilhe nas redes!

Primeiramente, a Receita Federal disponibilizou nesta quinta-feira (25/02) o programa gerador do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2016, que poderá ser acessado no site da Receita a partir das 8 horas. A declaração deste ano traz algumas novidades, como a obrigatoriedade de profissional liberal é  informarem o CPF de clientes.

A declaração deve ser entregue até 29 de abril. Quem perder o prazo ficará sujeito à multa mínima de R$ 165,74 ou então de 1% a 20% sobre o imposto devido. Este ano o fisco espera receber 27,8 milhões de declarações, volume que supera o registrado no ano passado, quando 25,8 milhões de contribuintes prestaram as informações.

 

Segundo a Receita, o programa do IRPF deste ano facilitará mais a vida do contribuinte.

Ele trará mais campos preenchidos com informações prestadas no ano passado, como dados sobre:

  1. participação de lucros,
  2. juros sobre capital próprio,
  3. aplicações financeiras, entre outras informações.

O programa gerador deste ano também não pedirá ao contribuinte que verifique as informações e grave os dados antes de encaminhá-la ao fisco.

Agora, um único botão irá gravar e transmitir a declaração. Se houver pendências, a declaração não é enviada.

Screenshot 1 - Eucontador

PROFISSIONAIS LIBERAIS

A partir deste ano, médicos, advogados, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e odontólogos terão de informar o CPF dos clientes na declaração.
Os profissionais terão de importar para a declaração do Imposto de Renda os dados inseridos no Carnê Leão, ferramenta em vigor desde o ano passado.
O fisco pretende cruzar as informações declaradas pelos profissionais liberais com aquelas declaradas pelos clientes para verificar se há inconsistências e, eventualmente, sonegação de alguma das partes.

DEPENDENTES

Os dependentes na declaração que tiverem mais de 14 anos deverão possuir CPF. Até então, a obrigatoriedade era válida para dependentes acima de 16 anos.
Em 2016, o valor da dedução por dependentes poderão para até R$ 2.275,08.
Nas despesas com educação, Por Exemplo:
  • Em primeiro lugar o ensino infantil,
  • Em segundo lugar o fundamental,
  • Em terceiro lugar o médio,
  • técnico
  • superior – graduação e
  • pós-graduação), o limite individual é de até R$ 3.561,50.

CÔNJUGES

Na declaração de 2016 não será necessário informar o CPF do cônjuge. Também não serão exigidos dados como rendimento total, bens e patrimônio dos cônjuges.

TIPOS DE DECLARAÇÃO

Existem dois modelos de declaração, a simplificada e a completa.
O próprio programa da Receita Federal, onde a declaração será feita, apontará o modelo ideal para cada contribuinte.
Em suma, a declaração completa é indicada para contribuintes com muitos gastos dedutíveis, como despesas médicas e dependentes. Já o modelo simplificado permite desconto de 20% sobre os rendimentos tributáveis, em substituição às deduções que seriam feitas na declaração completa.
No Vídeo comentei sobre a diferença entre empresa Inativa e Sem Movimento, Assista!!

Fonte: Diário do Comércio – SP

O euContador é um escritório de contabilidade online com atendimento direto e personalizado (chat, skype, whatsapp ou telefone).
Mantemos sua empresa 100% REGULARIZADA !
Comece agora mesmo!!!
Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Qual o CNAE para infoprodutor?

Qual o CNAE para infoprodutor?

Qual o CNAE para infoprodutor? Essa é uma dúvida muito comum entre empreendedores que pretendem abrir um CNPJ para trabalhar com a venda de e-books,

Recomendado só para você
Primeiramente, a Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da…
Cresta Posts Box by CP