Como abrir uma microempresa – passo a passo completo

Compartilhe nas redes!

Como abrir uma microempresa, essa dúvida é muito comum entre aqueles que sonham em empreender e montar um pequeno negócio.

Sabendo disso, o Eu Contador decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto e aproveitar para esclarecer as dúvidas mais frequentes.

Sendo assim, convidamos você que está planejando investir na abertura de uma microempresa para continuar conosco e acompanhar este conteúdo até o final.

No entanto, caso você prefira, fique à vontade para clicar em um dos botões abaixo e entrar em contato com um dos nossos especialistas.

O que é Microempresa?

Microempresa ou ME é um porte empresarial onde estão enquadradas todas as empresas com faturamento anual de até R$ 360 mil, conforme prevê a Lei Complementar 123/2006, que diz o seguinte:

“I – no caso da microempresa, aufira, em cada ano-calendário, receita bruta igual ou inferior a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais);”

Para esse tipo de empresa, é garantido pela legislação em vigor, tratamento diferenciado em uma série de situações, incluindo:

  • Na apuração e recolhimento dos impostos e contribuições da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, mediante regime único de arrecadação (Simples Nacional).
  • No cumprimento de obrigações trabalhistas e previdenciárias, inclusive obrigações acessórias;
  • No acesso facilitado a crédito e ao mercado e à preferência em licitações públicas.

Diante disso, não tenha dúvidas, abrir uma microempresa garante acesso a muitos benefícios, e, portanto, é um excelente negócio para todo e qualquer empreendedor.

Documentos necessários para abrir uma microempresa

Agora que você já sabe o que é uma microempresa, é hora de avançarmos para a parte prática e começar a verificar tudo o que é preciso para abrir uma empresa deste porte, começando pela documentação.

  • RG e CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Certidão de casamento (quando casado);
  • Carnê IPTU ou outro documento que conste a inscrição imobiliária do imóvel de instalação da empresa.

Além dos itens acima, como empreendedor, você também será orientado pela contabilidade para elaborar o contrato social ou requerimento de empresário (a depender do caso).

Os documentos em questão são necessários para registro da empresa na Junta Comercial e sua respectiva legalização junto aos demais órgãos competentes.

Quanto custa para abrir uma microempresa

O custo para abrir uma microempresa pode variar em função de uma série de fatores, incluindo o tipo de atividade a ser desenvolvida e a localização do negócio.

No entanto, sob o ponto de vista contábil e para legalização do negócio, os custos envolvidos são os seguintes:

  • Honorários da contabilidade;
  • Taxa de registro na Junta Comercial;
  • Aquisição de certificado digital.

Para solicitar um orçamento detalhado e personalizado com base nas características da sua futura empresa, entre em contato conosco! Será um enorme prazer lhe atender.

Quanto uma microempresa paga de imposto

O valor que uma microempresa paga de imposto depende do seu volume de faturamento, tipo de atividade e regime tributário.

Na maior parte dos casos, quem decide abrir uma microempresa, se torna optante do Simples Nacional, regime diferenciado, onde todos os impostos devidos são pagos em guia única calculada sobre o faturamento.

A guia do Simples Nacional vence no dia 20 de cada mês, e pode incluir os impostos da lista abaixo:

  • IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • IPI – Imposto Sobre Produtos Industrializados;
  • CSLL – Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido
  • COFINS – Contribuição para Financiamento da Seguridade Social;
  • PIS – Programa de Integração Social;
  • CPP – Contribuição Previdenciária Patronal;
  • ICMS – Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • ISS – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza.

Apenas para efeito de conhecimento, podemos destacar que a alíquota inicial do Simples Nacional para comércio é de 4% sobre o faturamento e a de serviços, pode iniciar em apenas 4,5% a depender do anexo de enquadramento da empresa.

Para abrir uma microempresa, saber mais sobre tributação e obter um planejamento tributário completo e responsável por garantir que a sua empresa pague o menor volume possível de impostos, entre em contato conosco!

Como abrir uma microempresa [Passo a Passo]

Após esclarecer algumas dúvidas importantes sobre o assunto, é hora de conferir em um passo a passo completo, o que é preciso para abrir uma microempresa.

Ao contrário do que muitos pensam, abrir uma empresa é algo simples e que pode ser resolvido de forma rápida com o apoio de uma boa contabilidade.

Confira o passo a passo e entenda como funciona:

1.Contrate um serviço de contabilidade: Sem dúvida alguma, a primeira coisa que o empreendedor precisa fazer para abrir uma microempresa é contratar um serviço de contabilidade.

Além de esclarecer dúvidas e cuidar de todos os trâmites legais para abertura da empresa, cabe ao contador:

  • Montar o planejamento tributário para economia de impostos;
  • Registrar a admissão, o afastamento e o desligamento de funcionários;
  • Apurar, calcular impostos e emitir guias federais, estaduais e municipais;
  • Calcular o pró-labore, a folha de pagamento, o INSS e o FGTS;
  • Elaborar o balanço contábil, o DRE e outros documentos;
  • Entregar as obrigações acessórias exigidas pelo fisco;
  • Dentre outras tarefas e responsabilidades importantes.

2.Reúna os documentos necessários para abertura da empresa: Na sequência e com a orientação do contador, você precisará reunir os documentos necessários para abertura da empresa e além disso definir:

  • O CNAE (lista de atividades do seu negócio);
  • O melhor regime tributário para suas atividades;;
  • A melhor natureza jurídica para seus objetivos.

Sem dúvida alguma, com o apoio de especialistas, essas decisões se tornam muito mais fáceis e podem ser tomadas de forma muito mais assertiva.

3.Emissão dos documentos da empresa: Por fim, basta aguardar alguns dias, para que a contabilidade providencie toda documentação da microempresa, incluindo:

  • Registro na Junta Comercial;
  • CNPJ – Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica;
  • Inscrição Estadual e Inscrição Municipal;
  • Alvará de Localização e Funcionamento;
  • Registro em Conselhos e Licenças (quando a atividade exigir).

Deseja saber mais e abrir uma Microempresa – ME de forma rápida e descomplicada?  

Se a sua resposta foi “Sim”, clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!

O nosso time de especialistas está preparado para esclarecer todas as suas dúvidas.

 

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Simples Nacional para engenheiros

Simples Nacional para engenheiros

Como funciona o Simples Nacional para engenheiros? Será que este é o melhor regime tributário para engenheiros que possuem ou pretendem abrir um CNPJ? Em

Recomendado só para você
Abrir uma sorveteria pode ser uma ótima ideia de negócio,…
Cresta Posts Box by CP