Como abrir um estúdio de pilates

Compartilhe nas redes!

Em meio a crescente preocupação dos brasileiros com a prática de hábitos saudáveis e a busca por mais qualidade de vida, abrir um estúdio de pilates pode ser um ótimo negócio.

Diante deste contexto, se você tem observado as tendências do mercado e está planejando a abertura de um estúdio de pilates, saiba que você chegou ao lugar certo.

Neste conteúdo, vamos esclarecer as principais dúvidas relacionadas a esse tipo de negócio e apresentar um passo a passo completo para orientar a abertura do seu estúdio.

Para saber mais, continue conosco e acompanhe este artigo até o final ou clique em um dos botões abaixo e fale com um dos nossos especialistas em abertura de empresas.

Como abrir um estúdio de pilates [Passo a Passo]

Para ajudar você que sonha em abrir um estúdio de pilates, nada melhor que um passo a passo completo com informações e dicas importantes, não é mesmo?

Sendo assim, confira com bastante atenção cada item que será apresentado na sequência e comece a tirar os seus objetivos do papel.

1.Monte um plano de negócios

Quando o objetivo é abrir um estúdio de pilates ou qualquer outro tipo de empresa, a primeira coisa que o empreendedor precisa fazer é montar um plano de negócios completo.

Apesar de não ser um documento obrigatório para fins de legalização, o plano de negócios é muito importante para evitar que aconteça algo fora do planejado.

Em um bom plano de negócios, o empreendedor deve listar dentre outros, os seguintes itens:

  • Apresentação da empresa;
  • Estudo de mercado e concorrentes;
  • Definição do público-alvo;
  • Estudo e identificação de fornecedores;
  • Definição da estrutura necessária para o empreendimento;
  • Necessidade de contratação de mão de obra;
  • Planejamento financeiro e previsão de retorno;
  • Planejamento completo de marketing.

2.Escolha uma boa localização

Preferencialmente, o seu estúdio de pilates deve ser instalado em uma localização de fácil acesso, com transporte público, bom fluxo de pessoas e estacionamento facilitado.

O ponto comercial também deve observar requisitos de acessibilidade, como a instalação de rampas e outros itens que ajudem no acesso de pessoas com locomoção reduzida.

Quanto ao espaço físico, o ideal é procurar um imóvel com algo entre 40m² e 120m² a depender do porte do estúdio de pilates e dos equipamentos que serão disponibilizados.

Além da sala onde serão praticadas as atividades, o espaço deve contar com recepção, banheiros e vestiários para atender melhor aos clientes.

3.Adquira os equipamentos para abrir um estúdio de pilates

É na lista de equipamentos para abrir um estúdio de pilates que vai ser concentrada a maior parte dos seus investimentos. Portanto, vale a pena fazer uma cotação com no mínimo três fornecedores antes de ir efetivamente às compras.

Dentre os itens necessários para montar um estúdio bem equipado, podemos destacar:

  • Bola 65cm;
  • Cadeira Combo (Combo Chair);
  • Cadillac Trapézio;
  • Caixa da Cadeira Combo;
  • Caixa do Reformer;
  • Colchonetes;
  • Disco de Equilíbrio;
  • Disco de Rotação;
  • Flex Ring;
  • Ladder Barrel;
  • Plataforma;
  • Prancha Clinical (Jump Board);
  • Reformer;
  • Rolo Mágico;
  • Dentre outros itens

No entanto, além dos itens acima, também será preciso investir em itens de mobília e informática, incluindo:

  • Balcão de atendimento;
  • Cadeiras e poltronas para recepção;
  • Computador com impressora;
  • Telefone e modem wi-fi.

De acordo com o SEBRAE, o investimento estimado em equipamentos para abrir um estúdio de pilates gira em torno de R$ 30 mil.

4.Contrate profissionais e monte uma equipe

A equipe para montar um estúdio de pilates é bastante reduzida, o que contribui para tornar o negócio mais rentável e lucrativo.

Basicamente, quem pretende abrir um estúdio de pilates, vai precisar contar com um ou mais fisioterapeutas habilitados e um profissional para cuidar da recepção e das tarefas administrativas do negócio.

A depender da demanda do estabelecimento, os fisioterapeutas podem ser contratados em regime CLT (carteira assinada) ou através de um contrato de prestação de serviços como PJ (pessoa jurídica).

5.Invista em estratégias de marketing e parcerias

Para transformar o seu estúdio de pilates em um verdadeiro sucesso, você vai precisar investir em estratégias de marketing e em boas parcerias.

Participe de eventos, faça networking e busque parceria com médicos, profissionais de educação física, fisioterapeutas e outras pessoas que possam indicar os seus serviços.

Invista diretamente em estratégias de marketing nas redes sociais, nos rádios e através de anúncios no Google, Facebook e Instagram para que o seu estúdio conquiste visibilidade na região.

No entanto, nunca se esqueça que a qualidade dos serviços prestados e o atendimento ao público são diferenciais importantes para que o seu estúdio de pilates alcance o sucesso e bons resultados.

6.Contrate um serviço de contabilidade

Para abrir um estúdio de pilates, você também vai precisar do apoio e orientação de um serviço de contabilidade que lhe forneça orientações e cuide de todos os trâmites para legalização da sua empresa, incluindo:

  • Registro na Junta Comercial;
  • Emissão do CNPJ;
  • Emissão da Inscrição Municipal;
  • Liberação do Alvará de Localização e Funcionamento.

Além de cuidar da abertura da empresa, o contador também ficará responsável por zelar pelas obrigações pós abertura, incluindo:

  • Cálculo de impostos e emissão de guias;
  • Cálculo do pró-labore e da folha de pagamento;
  • Entrega de obrigações acessórias ao fisco;
  • Escrituração de movimentos fiscais e contábeis;
  • Elaboração do balanço contábil e outros documentos.

Pensando em abrir um estúdio de Pilates, mas ainda não contratou um serviço de contabilidade? 

Se a sua resposta foi “Sim”, entre em contato conosco e conte com o apoio do nosso time para abrir a sua empresa de forma econômica, prática e rápida.

Quais são os documentos necessários para abrir um estúdio de Pilates?

Ao contrário do que muitos pensam, a lista de documentos para abrir um estúdio de pilates é pequena e inclui poucos itens, dentre eles:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Carnê IPTU ou Inscrição Imobiliária do local para abertura do estúdio.

Com os documentos exigidos em mãos, dentro de poucos dias a sua empresa estará completamente legalizada e apta para entrar em funcionamento.

Para saber mais, clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Simples Nacional para engenheiros

Simples Nacional para engenheiros

Como funciona o Simples Nacional para engenheiros? Será que este é o melhor regime tributário para engenheiros que possuem ou pretendem abrir um CNPJ? Em

Recomendado só para você
Um pronunciamento recente da Hotmart e de outras plataformas de…
Cresta Posts Box by CP